11 jogos oficiais no próximo fim de semana

No próximo fim de semana quase todas as equipas do Olivais FC vão estar em atividade, uma delas em jornada dupla, havendo assim 11 jogos oficiais das 11 equipas do Olivais (excluindo Minibasquete), sendo que apenas a equipa de sub-18 masculinos não joga pois teve a Final a 4 no passado fim de semana (onde ficou num excelente 3º lugar). Em Minibasquete haverá um torneio de Mini 8 organizado pelo OFC no Pavilhão Eng. Augusto Correia no domingo de manhã. Uma equipa de Mini 10 do Olivais participará na etapa de Condeixa do Circuito Mário Lemos.

A equipa sénior feminina tem jornada dupla com deslocação ao Barreiro no sábado e deslocação à Madeira no domingo. Trata-se de jogos a contar para a 15ª jornada e para a 11ª jornada da Liga Feminina, respetivamente.

A equipa senior masculina desloca-se a Guifões no sábado para disputar a 14ª jornada do Campeonato Nacional da 1ª Divisão masculina.

O Play-off distrital de sub-16 femininos, onde o Olivais participa com duas equipas, tem o seu segundo jogo.

A equipa de sub-19 femininos tem a última jornada do Campeonato Distrital tendo já garantido o primeiro lugar e o respetivo título de Campeão Distrital.

A equipa de sub-14 masculinos disputa a 3ª jornada do Campeonato Regional para acesso ao Nacional do escalão, recebendo em casa uma equipa da Guarda.

A equipa de sub-14 femininos disputa também a 3ª jornada do Campeonato Regional para acesso ao Nacional do escalão, deslocando-se à Caparrosa (Viseu).

A equipa de sub-16 masculinos disputa a 5ª jornada da 2ª fase do Campeonato Distrital recebendo a equipa de Cantanhede.

A nova equipa de sub-13 femininos recebe o Vagos e a de sub-13 masculinos desloca-se a Vagos, na 2ª jornada dos respetivos campeonatos (organizados pela Associação e Basquetebol de Aveiro, pois o Olivais é a única equipa do distrito de Coimbra a participar em tal escalão).

É pois uma enorme quantidade de jogos de basquetebol que atestam a vitalidade da prática desportiva do Olivais Futebol Clube que se aproxima da comemoração dos seus 84 anos de existência.








Olivais FC obtém terceiro lugar na Fase Final distrital de sub-18 masculinos



Olivais segura terceiro lugar na Liga Feminina

A equipa senior feminina do Olivais obteve no passado sábado a oitava vitória consecutiva no Campeonato da Liga Feminina de Basquetebol. Com este resultado está firme no terceiro lugar, com menos dois jogos que as equipas classificadas nos dois primeiros lugares (e a possibilidade de ficar em segundo lugar a 1 ponto de diferença da equipa classificada em primeiro lugar, a Quinta dos Lombos, em caso de vitória nos dois jogos em atraso).

No jogo com a equipa do Sport Lisboa e Benfica as duas equipas estiveram muito equilibradas no primeiro quarto, tendo a equipa olivanense passado para a frente apenas no final do quarto, muito graças aos 5 triplos de Inês Viana e aos triplos de Raquel Alves e Hristina Marjanovic (21 pontos graças aos triplos dos 23 marcados no primeiro quarto).

O resto do jogo foi um domínio claro da equipa olivanense que não oferece qualquer contestação, tendo o avnaço chegado a ser de 34 pontos. Mesmo quando as mais jovens jogadoras foram entrando em campo o ritmo de jogo não diminuiu.

O Olivais dominou na precisão dos lançamentos de campo (42% contra 37%) e nos lances livres (90% contra 71%), assim como nos roubos de bola (20 contra 03). A equipa olivanense apenas foi suplantada pelo Benfica nos pontos em contra ataque (10 contra 8) e nos pontos vindos do banco (13 contra 8).

A MVP do desafio foi Inês Viana que marcou 23 pontos (100% de triplos, todos no primeiro quarto), 4 ressaltos, 5 assistências, 5 roubos de bola e 6 faltas sofridas. Também se destacou Hristina Marjanovic com 17 pontos e 5 assistências e Norianna Haynes com 15 pontos e 8 ressaltos.

No Benfica esteve em destaque a ex-olivanense Mariana Silva com 11 pontos e  8 ressaltos, e a americana Quanetria Bolton com 15 pontos e 8 ressaltos.

No próximo fim de semana o Olivais tem uma jornada dupla fora, jogando no sábado no Barreiro com o GDESSA-Barreiro (com quem perdeu em casa na primeira volta por 81-82) e no domingo na Madeira com o CAB Madeira (a quem ganhou na 1ª volta por 75-67).



=================================================
Pavilhão Eng. Augusto Correia, Coimbra
12 de janeiro de 2019, 16h30
14ª jornada do Campeonato da Liga Feminina de Basquetebol
Árbitros: Diogo Morais (Coimbra), Bernardo Fernandes (Aveiro).
Oficiais de mesa: Bruna Monteiro, Claudio Gomes, Pedro Ferreira (Coimbra).
Espectadores: cerca de 200

Parciais: 23-18, 12-8, 26-15, 17-10.

Olivais Coimbra (78):
Norianna Haynes (15), Tyler Gilbert (10), Hristina Marjanovic (17), Inês Viana (23), Marcy Gonçalves (5);
Raquel Alves (3), Joana Rochete, Ana Rita Rochete (2), Alice Martins (1), Maria Carolina Marques, Matilde Ferreira, Inês Bem-Haja (2).

Treinador: Eugénio Rodrigues

SL Benfica (52):
Filipa Bernardeco (6), Mariana Silva (11), Joana Ramos (3), Quanetria Bolton (13), Chayla Cheadle (6);
Marcia Carvalho (2), Marta Martins (2), Cynthia Dias, Carla Budane, Inês Santos, Dora Duarte (5), Rosinha Rosário (4).

Treinador: Isabel Santos

=================================================


12 jogos oficiais no próximo fim de semana


Este fim de semana as equipas do Olivais FC vão ter 12 jogos oficiais, sendo de assinalar a estreia de duas novas equipas: sub-13 femininos e sub-13 masculinos.

O jogo grande do fim de semana é a receção ao SL Benfica a contar para a 14ª jornada da Liga Feminina.

A equipa senior masculina desloca-se a Braga no domingo para disputar a 13ª jornada do Campeonato Nacional da 1ª Divisão masculina.

Em destaque está ainda a Final a 4 de sub-18 masculinos onde a equipa do Olivais participa, fazendo três jogos, sexta, sábado e domingo.

É de assinalar também o início do Play-off distrital de sub-16 femininos onde o Olivais participa com duas equipas.

A equipa de sub-14 masculinos disputa a 2ª jornada do Campeonato Regional para acesso ao Nacional do escalão.

A equipa de sub-14 femininos disputa também a 2ª jornada do Campeonato Regional para acesso ao Nacional do escalão.

A equipa de sub-16 masculinos disputa a 4ª jornada da 2ª fase do Campeonato Distrital com uma deslocação a S. Pedro do Sul.

A nova equipa de sub-13 masculinos recebe o ENESSE de Oliveira de Azemeis e a de sub-13 femininos desloca-se a S. João da Madeira, na 1ª jornada dos respetivos campeonatos (organizados pela Associação e Basquetebol de Aveiro, pois o Olivais é a única equipa do distrito de Coimbra a participar em tal escalão).

É pois uma enorme quantidade de jogos de basquetebol que atestam a vitalidade da prática desportiva do Olivais Futebol Clube que se aproxima da comemoração dos seus 84 anos de existência.









Olivais com a sétima vitória consecutiva na Liga Feminina


A equipa senior feminina do Olivais FC entrou da melhor maneira na segunda volta do Campeonato da Liga Feminina de Basquetebol de 2018/209 com uma vitória fora de portas na primeira jornada do ano de 2019.

A partida foi intensamente disputada, com um basquetebol muito rápido, do princípio ao fim. A equipa vimaranense não é uma equipa fácil e estreou a sua nova estrangeira, a dinamarquesa Emilie Hesseldal. Não é pois de admirar que a equipa olivanense não entrasse muito bem no jogo tendo estado a perder por 6-0 e 11-5 no primeiro período mas nunca desistiu da luta; aos 8 minutos a turma de Coimbra passou para a frente e nunca mais largou essa vantagem. A turma vimaranense reagiu fortemente no terceiro período e com um parcial de 10-0 aproximou-se a 8 pontos mas nunca chegou a fazer perigar a liderança da equipa de St António dos Olivais.

Na turma olivanense distinguiram-se a americana Norianna Haynes com 26 pontos marcados que foi MVP da partida, a internacional portuguesa Marcy Gonçalves com um duplo-duplo com 13 pontos e 10 ressaltos e a sérvia Hristina Marjanovic com 13 pontos. Das jovens portuguesas esteve em evidência Maria Carolina Marques que marcou 6 pontos com 100% em lançamentos de 2 pontos, obtidos nos 9 minutos que esteve em jogo.

Em termos estatísticos o Olivais foi muito melhor em lançamento de campo (50% convertidos contra 33% do Vitória, com 68% em lançamentos de 2 pontos contra 38% do Vitória), em pontos em contra-ataque (21 contra 3), em assistências (19 contra 10), e desarmes de lançamento (3 contra 1) e em pontos na zona pintada (42 contra 20). Nos outros capítulos as duas equipas foram razoavelmente equilibradas, não tendo havido nenhum capítulo em que o Olivais fosse inferior.

O próximo jogo será disputado no Pavilhão do Olivais no sábado dia 12 de janeiro, pelas 16h30, contra o S.L.Benfica.

(foto: Carlos Gomes)


=================================================

Pavilhão Vitória Sport Clube, Guimarães
5 de janeiro de 2018, 18h
13ª Jornada da Liga Feminina de Basquetebol
Árbitros: Tiago Perdigão (Porto), Tiago Ribeiro (Braga).
Oficiais de mesa: Cátia Monteiro, Bruna Silva, Joana Santos (Braga)
Espectadores: cerca de 200

Parciais: 12-17, 11-22, 24-19, 13-21.

Vitoria SC Guimarães (60):
Barbara Miranda (19), Emilie Hesseldal (12), Sara Ressureição (14), Leah Sommerfiled (5), Sarah Dickey (6);
Inês Machado (2), Letícia Fonseca (2), Rita Guerreiro, Joana Guerreiro,  Maria Santos, Ana Pedroso, Catarina Francisco, 

Treinador: Carlos Fechas

Olivais Coimbra (79):  
Norianna Haynes (26), Tyler Gilbert (12), Hristina Marjanovic (13), Inês Viana (6), Marcy Gonçalves (13);
Inês Bem-Haja, Raquel Alves (1), Alice Martins (2), Maria Carolina Marques (6), Matilde Ferreira, Ana Rochete, Joana Rochete.

Treinador: Eugénio Rodrigues


Resultados dos jogos de 5 e 6 de janeiro de 2019


Resultados dos jogos oficiais do OFC:


Duas olivanenses em evidência na 13ª jornada da Liga Feminina


Na 13º jornada a equipa olivanense esteve em evidência pois com a 7ª vitória consecutiva mantém-se na luta pelo primeiro lugar na Liga Feminina e apenas a 3 pontos do primeiro lugar (mas com um jogo a menos pois o jogo da 12ª jornada contra o CAB Madeira será jogado apenas a 20 de janeiro devido a dificuldades com os voos para o Funchal).

Nesta jornada duas jogadoras da equipa olivanense estiveram nos TOPS da jornada.

A internacional sub-19 Alice Martins foi quem mais desarmes de lançamento fez na jornada (2).

A sérvia Hristina Marjanovic foi quem mais roubos de bola fez na jornada (6).

No TOP absoluto da Liga Feminina até ao momento está ainda a jogadora americana do Olivais Norianna Haynes com o maior número de pontos marcados num jogo (33 pontos na jornada 3).

As estatísticas completas do jogo da 13ª jornada podem encontrar-se na página da FIBA e na página da FPB.

As estatísticas completas da jornada podem encontrar-se na página da FPB.

Fotos: Carlos Gomes





Marcy Gonçalves fala sobe a deslocação da equipa senior feminina a Guimarães

04/01/2019 
VITÓRIA SC E OLIVAIS COIMBRA EM DUELO NA CIDADE-BERÇO 
No regresso da Liga Feminina, há duelo em Guimarães entre Vitória SC e Olivais Coimbra, com transmissão direta na FPB TV (18 horas)!

Bárbara Miranda, a alinhar no emblema minhoto, e Marcy Gonçalves, do emblema da cidade dos estudantes, projetaram a partida para a FPB! 
Marcy Gonçalves - Olivais Coimbra
O Olivais já leva seis triunfos consecutivos na Liga e tem agora pela frente o Vitória SC. Quais são os maiores perigos do adversário?
É um jogo num pavilhão difícil e esperamos muitas dificuldades, pois o Vitória é uma equipa muito versátil, o que torna o jogo muito exigente, por isso temos de entrar forte para contrariar esses aspetos.

Sentem-se no melhor momento da temporada? A conquista do título é a vossa grande meta?
Não diria que estamos no melhor momento, pois viemos de uma pausa e isso por vezes acaba por distrair as equipas, contudo faço um balanço positivo desta primeira volta.
Nós trabalhamos para estar em todas as competições ao longo da época. E claro, sem dúvida de que a conquista do título é o grande objetivo e, pessoalmente, é algo muito desejado, mas ainda temos algumas etapas pela frente

Como tem sido este regresso ao Olivais? Como descreves estes meses de trabalho? 
Tenho um carinho muito especial por este clube. As pessoas sempre foram fantásticas comigo e isso foi importante na minha decisão. Sinto-me em casa e acarinhada pelas pessoas. Destaco sempre o trabalho da equipa, mas é de salientar o do meu treinador, pois tem sido exemplar no trabalho que tem desenvolvido nestes meses de crescimento, onde nos proporciona também qualidade em todos os aspetos do jogo.



Bárbara Miranda - Vitória SC
O Vitória SC tem pela frente o Olivais Coimbra, que leva seis triunfos consecutivos na Liga. Quais são as maiores qualidades do adversário?
O Olivais tem uma equipa com um grande espirito de sacrifício, contando com um cinco muito experiente e equilibrado a nível interior e exterior.
Em que aspetos o Vitória SC terá de ser mais forte?
Temos que estar muito focadas defensivamente para condicionar ao máximo as ações da equipa adversária, e ofensivamente teremos que encontrar soluções de modo a causar-lhes dificuldades.
Como avalias a temporada até agora realizada pelo Vitória SC? A presença nos playoffs é um grande objetivo?
Infelizmente, a época não tem corrido como pretendíamos devido às contrariedades que nos têm aparecido, mas trabalhamos todos os dias para contrariar isso e subir na tabela. A presença no playoff é um dos grandes objetivos e, para além disso, vamos lutar pela a presença na Final Four da Taça de Portugal.


Começam os jogos em 2019


O primeiro fim de semana de janeiro de 2019 começa ainda a meio gás com apenas 3 equipas do Olivais envolvidas em jogos oficiais (haverá ainda um jogo treino em Pombal da equipa de sub-16 femininos).

O jogo mais em evidência deste fim de semana será o primeiro jogo da 2ª volta do Campeonato da Liga Feminina para a nossa equipa (é já a 2ª jornada da 2ª volta mas o jogo do Olivais com o CAB Madeira foi adiado). A nossa equipa senior feminina desloca-se a Guimarães para defrontar o Vit´ria SC.

A nossa equipa de sub-14 femininos tem a primeira jornada do Campeonato Regional e a de sub-18 masculinos tem a última jornada do Grupo A do Campeonato Distrital.


Feliz ano novo


Taça da Federação da Liga Feminina de Basquetebol 2019


A Federação Portuguesa de Basquetebol anunciou hoje que a Taça da Federação da Liga Feminina de Basquetebol 2019 será disputada em Coimbra, com organização do Olivais FC e da Associação de Basquetebol de Coimbra e com o apoio da Câmara Municipal de Coimbra, nos dias 25, 26 e 27 de janeiro de 2019.

Este é um dos chamados pontos altos da Federação Portuguesa de Basquetebol e juntará em Coimbra as melhores 8 equipas da Liga Feminina de Basquetebol, aquelas que estavam nos oito primeiros lugares no final da 1ª volta do Campeonato da Liga Feminina de 2018/2019. Nesta prova, as equipas classificadas nos 4 primeiros lugares são consideradas “cabeças de série” no sorteio, não podendo defrontar-se nos quartos de final. Assim, o Olivais FC, classificado no 2º lugar da Liga Feminina no final da 1ª volta, irá defrontar nos quartos de final uma equipa classificada nos lugares 5 a 8 (GDESSA-Barreiro, Carnide, Benfica e Ovarense), tendo todas as hipóteses de chegar às meias finais e, quem sabe, à final.

O sorteio dos jogos está agendado para dia 8 Janeiro, às 17h00, na sede da FPB em Lisboa.

Haverá 4 jogos na sexta-feira (quartos de final), 2 jogos no sábado (meias finais) e o jogo da Final no Domingo. Quatro dos jogos decorrerão no Pavilhão do Olivais, 2 outros jogos noutro pavilhão a definir, e a final será no Pavilhão Multidesportos Mário Mexia. Nos últimos anos tem sido habitual a transmissão em direto de todos os jogos da Taça pela FPB TV sendo habitual também a transmissão da Final pela BOLA TV.

É cada vez mais claro que a prática desportiva é essencial para uma vida saudável e no caso dos jovens inclusive ajuda-os mesmo no sucesso da sua carreira escolar. Por isso, todas as iniciativas que incentivem os jovens a praticar desporto devem ser apoiadas.

A Taça da Federação da Liga Feminina de Basquetebol  será pois esta uma excelente oportunidade para incentivar os jovens a praticar basquetebol. Ainda por cima quando a variante do basquetebol com 3 jogadores em meio campo (o assim chamado 3x3) também passou a modalidade olímpica.

Espera-se que a Taça da Federação da Liga Feminina de Basquetebol seja um verdadeiro ponto alto do calendário do basquetebol nacional e atraia muitos jovens aos pavilhões.


Título da equipa de sub-14 masculinos na página da FPB


Na página da FPB aparece em relevo o título distrital das equipa de sub-14 masculinos.


Sub-14 masculinos são bicampeões distritais

A equipa de sub-14 masculinos do OFC, comandada pelo treinador Paulo Cordeiro, sagrou-se campeã distrital pelo segundo ano consecutivo. A equipa venceu todos os 10 jogos do Campeonato Distrital-Grupo A, e também venceu categoricamente todos os 3 jogos da Fase Final a 4:

Olivais Coimbra 86 44 AAC - A
Olivais Coimbra 78 62 Ginásio Figueirense
Olivais Coimbra 65 42 C. Basket 2011-ESBM

Toda a equipa está de parabéns e pronta para enfrentar a fase seguinte, o Campeonato Regional de Sub-14 Masculinos com uma equipa da Guarda e outra de Viseu, que definirá o acesso ao Campeonato Nacional.





Pela sua importância transcrevemos aqui o que o sócio João Rolo escreveu no Facebook:

Meu querido amigo Paulo Cordeiro e todos os olivanenses
Antes de tudo, quero deixar aqui alguns pontos prévios :
- Para mim és, a par do Carlitos, o grande embaixador e bandeira do Olivais Futebol Clube
- Quando há 35 anos entrei pela primeira vez no Pavilhão dos Olivais, foste o meu primeiro treinador, assim como dos meus 2 filhos e de milhares de outros meninos, quase sempre no 1o contacto que estes meninos e meninas tiveram com o basquetebol
- Aquilo que escreverei de seguida, não é um ataque nem crítica a ninguém, é apenas a minha opinião. Se alguém quiser ficar chateado, paciência...

Segundo rezam as crónicas, ontem no final do jogo OFCxAAC, o último da Final4 Distrital de sub14, alguém resumiu este evento assim : “Ganhou a equipa com pior treinador”...
Ora, esta frase pôs-me a pensar em como se pode avaliar isto, de ser melhor ou pior treinador de basquetebol de formação, e é disto que estamos a falar...
A primeira conclusão que tirei é que felizmente, no Olivais, não avaliamos ninguém separadamente. Somos uma equipa, treinadores, pais, atletas, seccionistas, dirigentes... Ganhamos e perdemos juntos, sorrimos e choramos juntos e acima de tudo somos todos amigos e respeitamos toda a gente...
Partindo então para a avaliação em si, a que tu foste sujeito, eu por defeito profissional faço avaliações sob 2 formas, quantitativa e qualitativa...
Eu, por convicção, não avalio quantitativamente um treinador de formação, porque considero que os resultados desportivos não são de todo o mais importante e também porque no teu caso específico, treinaste minibasquetebol a maior parte das épocas desportivas, mas para ninguém pensar que fujo ao tema, as contas são simples. Mais títulos distritais (5) sozinho, incluindo o bicampeonato de ontem e um título nacional, que todos os outros treinadores juntos. Portanto nesta avaliação, estamos conversados...
Partamos então para aquela, que no meu ponto de vista é A avaliação a fazer a um treinador de formação... A qualitativa!
Toda a vida adulta como treinador de minibasquetebol (essencialmente) e formação. Se deixasses de treinar hoje, terias treinado mais meninas e meninos que os outros 3 treinadores da competição juntos até ao final das suas carreiras. Mas não só treinado para serem jogadores de basquetebol. Treinaste-os para serem cidadãos de grande valor na sociedade, transmitindo-lhes valores como solidariedade, amizade, resiliência, espírito de equipa e muitos mais...
Deixaste neles todos uma marca para sempre e todos eles (tivessem continuado ou não a jogar basquetebol) lembram-se de ti pelos melhores motivos... Foste e és amigo de todos e ficaram a gostar de basquetebol!
Isto é ou não melhor do que ler livros e saber muito sobre aspectos tácticos do jogo, pelo menos na formação?
E agora vamos ver, o que os supostos melhores que tu fazem...
Os melhores insultam árbitros, pressionam-nos constantemente e transmitem com esta postura a meninos de 12 e 13 anos que isto é aceitável? Então não és de certeza dos melhores...
Os melhores, no escalão de sub14, e quando quase todos os seus meninos não sabem driblar, passar e lançar convenientemente, jogam com bloqueios directos(quase sempre feitos em falta) para libertar sempre o mesmo para pontuar? Então não és de certeza dos melhores...
Os melhores jogam com um “guarda redes” sempre debaixo do cesto defensivo, utilizando assim uma espécie de zona? Então não és de certeza dos melhores...
Os melhores passam as férias a ligar a meninas e meninos, e aos respectivos pais para mudar de clube? Então não és de certeza dos melhores...
Os melhores têm uma atitude altiva, pouco empática, de “rei na barriga” e que alguém lhes disse que são uma coisa, que efectivamente ainda não são e que não sei se algum dia serão? Então não és de certeza dos melhores...
Acho que qualitativamente estamos também conversados!
Vou terminar com mais 2 pontos que te caracterizam e que ontem ficaram bem vincados...
Qualquer pessoa de bom senso que tenha estado ontem no Pavilhão Augusto Correia percebe que ontem, a tua equipa podia ter pulverizado, apoucado o que se quiser chamar a equipa adversária... Caso as tuas opções tivessem passado por manter os melhores em campo o tempo todo, os números teriam sido avassaladores. Não o fizeste! Em primeiro lugar porque deste a TODOS os meninos da tua equipa, a oportunidade de jogar uma considerável quantidade de tempo para um pavilhão cheio. Não é para isto que serve um treinador de formação? Em segundo lugar, respeitas os outros meninos e os melhores que tu e não os quiseste vulgarizar...
Ao avaliador de treinadores, aproveito para dizer que quem faz as grandes equipas são os jogadores e que os treinadores apenas ajudam... Ontem, podia ter estado o Popovich, o Obradovic, o Phil Jackson quem quisesse no banco da Académica. O resultado seria o mesmo... Porquê? Porque os meninos de branco são muito melhores que os de negro
Para terminar mesmo, um último detalhe que descreve o pior treinador de todos... Não votou em nenhum dos seus meninos para o 5 ideal da prova. Não acha ético e não quer colocar nenhum dos seus num patamar diferente dos outros.
Paulo continua a ser o pior de todos...
Continua a treinar dezenas de meninos de MiniBasquetebol por ano e fazer de todos teus amigos e que fiquem a gostar deste desporto!
Um grande abraço meu querido amigo



Olivais mostra superioridade incontestável e passa aos quartos de final da Taça de Portugal feminina


No sábado à tarde pelas 18h30 assistiu-se a um grande jogo de basquetebol no Pavilhão Eng. Augusto Correia, com o jogo dos oitavos de final da Taça de Portugal feminina entre a equipa do Olivais Coimbra e a eterna rival da Associação Desportiva de Vagos.

Eugénio Rodrigues tinha 11 jogadoras disponíveis (apenas a lesionada Joana Rochete ainda não recomeçou a jogar) e todas mostraram estar em grande forma e jogaram de forma competente, empenhada e combativa do princípio ao fim. Uma enorme capacidade de defesa, mesmo correndo o risco de muitas faltas, e uma rapidez estonteante no contra ataque, forma armas que a equipa do Olivais usou sem cessar durante os 40 minutos de jogo.

O primeiro período foi muito equilibrado, com as duas equipas ainda a estudarem-se mutuamente e com muitos lançamentos falhados, mas a partir dos 8 minutos de jogo o Olivais começou a distanciar-se no marcador e nunca mais deixou o Vagos aproximar-se, chegando a ter um impensável avanço de 40 pontos no marcador. Os últimos 4 minutos de jogo foram jogados exclusivamente por atletas de formação do Olivais (sendo 4 ainda juniores). A diferença final de 32 pontos mostra bem a qualidade do domínio da equipa olivanense.

A MVP do jogo foi a americana do Olivais Norianna Haynes que marcou 30 pontos, ganhou 9 ressaltos, fez 3 assistências, e roubou 2 bolas. Inês Viana marcou 22 pontos e fez 6 assistências, sendo ainda de realçar que Inês Bem-Haja marcou 5 pontos, Alice Martins marcou 4 pontos, Ana Rita Rochete marcou 2 pontos e Carolina Marques marcou 2 pontos.

O adversário do Olivais nos quartos de final da Taça de Portugal será conhecido hoje pois será o vencedor do jogo UD Oliveirense vs. Ovarense e a partida decorrerá no dia 10 de fevereiro.



Pavilhão Eng. Augusto Correia, Coimbra
20 de outubro de 2018, 16h30
Oitavos de Final da Taça de Portugal Feminina de Basquetebol
Árbitros: Hugo Antunes (Coimbra), Sara Rodrigues (Porto).
Oficiais de mesa: Adriano Mendes, Claudia Cavaleiro, Sandra Alves
Espectadores: cerca de 300

Parciais: 14-12, 26-16, 28-14, 24-18.

Olivais Coimbra (92):
Norianna Haynes (30), Tyler Gilbert (7), Hristina Marjanovic (12), Inês Viana (22), Marcy Gonçalves (7);
Raquel Alves (1), Joana Rochete, Ana Rita Rochete (2), Alice Martins (4), Maria Carolina Marques (2), Matilde Ferreira, Inês Bem-Haja (5).

Treinador: Eugénio Rodrigues

AD Vagos (60)
Joana Canastra (10), Tainá Paixão (17), Inês Pinto (2), Daniela Jesus (2), Susana Carvalheira (8);
Mariana Mendes (3), Ana Teixeira (6), Joana Cortinhas, Bruna Zagaria (2), Mariana Pires (2), Rita Oliveira (8), Annelise Ito.

Treinador: João Janeiro