Modalidades de pavilhão podem voltar a competir


Diário de Coimbra: Modalidades de pavilhão podem voltar a competir

O Governo aprovou ontem a abertura das actividades desportivas que ainda estavam encerradas, em consequência das restrições impostas devido à pandemia de covid-19, confirmando a retoma competitiva das modalidades colectivas de pavilhão, sem a presença de público.


Um pavilhão carbono zero para o Olivais

Campeão das Províncias: Concelhia do PSD quis conhecer dificuldades e planos futuros do Olivais FC

23 de Julho 2020

Uma delegação da Concelhia de Coimbra do PSD esteve, hoje, no pavilhão do Olivais Futebol Clube, onde conheceu a nova Direcção do histórico emblema conimbricense, bem como a sua difícil realidade actual e os projectos futuros.

António Fonseca teve, então, a oportunidade de comunicar as maiores dificuldades do clube à Concelhia do PSD de Coimbra, revelando que a situação financeira do clube é delicada e pode, inclusive, comprometer a ida das equipas às competições nacionais.

Nuno Freitas, indigitado recentemente como possível candidato do PSD à Câmara Municipal de Coimbra, explicou que a visita pretendeu “conhecer a realidade do Olivais e saber quais os planos de futuro” de um “clube histórico de Coimbra, um marco desportivo e que está muito bem implantado na cidade ”, sublinhou.

O possível candidato do PSD à autarquia conimbricense enalteceu a necessidade de o clube apostar não só em actividades para os jovens mas também os idosos, para além de ser importante, num futuro próximo, talvez em 2022, investir num pavilhão carbono zero (auto-sustentável) e com alternativas ecológicas, admitindo que seria um ponto a incluir no programa do PSD Coimbra para 2021-2025.

Questionado pelo “Campeão” se esta seria já uma iniciativa pré-campanha eleitoral, Nuno Freitas negou dizendo que se tratava de “uma iniciativa cívica para ir conhecendo melhor a realidade e ouvindo as pessoas”, frisando que mais visitas destas serão realizadas “em todas freguesias e colectividades do concelho”.

“Só ouvindo as pessoas se pode pensar num bom programa e aqui há este projecto que, provavelmente, tem já uma década, do novo pavilhão, mas que no fundo é uma melhoria do já existente e nós gostávamos de trazer algo novo para o nosso próprio programa para 2021 e pensando já em 2021-2025”, afirmou, admitindo que a Concelhia está a trabalhar a “200 por cento para propor à cidade uma alternativa. E isso faz-se com as pessoas, ouvindo as suas necessidades, anseios e projectos. Felizmente temos um ano inteiro para o fazer”, declarou.

Para o Olivais, a intenção do PSD seria que este fizesse “parte de uma nova estratégia urbana de descarbonização, que una práticas inovadoras, desde a gestão de materiais, resíduos, aproveitamento de águas e produção de energias renováveis, até um programa social e desportivo mais abrangente desde a formação desportiva de mais jovens em várias modalidades – com destaque para o basquetebol – até a propostas de exercício físico regular para a população mais velha de toda a freguesia de Santo António dos Olivais”, concluiu.

A acompanhar Nuno Freitas estiveram, ainda, o presidente da Concelhia Carlos Lopes e também Madalena Abreu, vereadora do PSD na Câmara Municipal; para além do presidente da Junta de Freguesia, Francisco Andrade.
Ajuda de todos é fundamental para “segurar” o Olivais

Os campeões em título podem ver a próxima época comprometida ao nível das competições, não só devido à covid-19, mas também pela situação financeira difícil que o clube atravessa.

A nova Direcção do Olivais, presidida por António Fonseca e eleita no final de Junho, admite a “realidade dura” que o clube vive neste momento, considerando que esta é também uma situação má para Coimbra e para Portugal, recordando que o Olivais representou o país, ainda na época passada, nas competições europeias.

Esse nível competitivo internacional está já, para a próxima época, posto de parte, por não haver verbas que consigam suportar as despesas.

“Estamos neste momento a tentar manter o clube de pé”, afirmou, esta tarde, António Fonseca ao “Campeão”, notando que a pandemia também não contribuiu para que a situação melhorasse, já que “todas as receitas habituais, pura e simplesmente, desapareceram”.

“Está em causa Coimbra porque o Olivais é da sua maior freguesia mas representa a cidade nas competições e até representa o próprio país no estrangeiro, é um clube que tem capacidade de ganhar a outros até com muito maior poderio financeiro”, sublinha o responsável.

Os planos são apelar à boa-vontade de todos, inclusive da Câmara Municipal, de empresas, associados e cidadãos, para que ajudem um clube histórico, que “tem uma boa escola de basquetebol” e que querem manter. “Ter a escola e depois não ter onde os miúdos, quando chegam a seniores, possam jogar, não me parece razoável”, frisou António Fonseca.

“Sem um apoio sólido, quase de certeza que não teremos a nossa equipa campeã nacional a discutir o título nacional, nem sequer a disputar o campeonato da primeira divisão feminina”, afirmou o presidente, acrescentando que o clube passaria, depois, apenas por ter apenas equipas de formação e não de competição, “e isso não deve estar em cima da mesa”.



FPB reúne com clubes da 1.ª Divisão Masculina

15/07/2020
Foco principal no planeamento a próxima época

Decorreu esta terça-feira, por videoconferência, uma reunião entre a FPB e 41 dos 48 clubes que poderão vir a disputar o Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Masculina 2020/2021, que tem 32 vagas, assim como 12 das 13 Associações correspondentes.


O projetar da época 2020/21 marcou a reunião, com Nuno Manaia, Diretor-Técnico Nacional, a falar do modelo competitivo do Nacional da 1.ª Divisão Masculina, da sua calendarização e de todas as hipóteses que estão em cima da mesa, caso haja um agravamento da situação pandémica.



REGRESSO AOS TREINOS E COMPETIÇÕES - comunicado conjunto


A FPB-Federação Portuguesa de basquetebol divulgou a 10 de julho de 2020 um comunicado conjunto com outras federações com o ponto da situação relativo ao regresso aos treinos e às competições.

Diz o comunicado: 
"Na reunião de hoje em que estiveram presentes representantes da Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto, da Direcção Geral de Saúde e das 5 Federações, foi finalizada a análise ao Protocolo Orientador de Regresso aos Treinos e Competições – Covid-19 e concluiu-se que, durante a actual fase de treino condicionado, é permitida a partilha de bola nas modalidades colectivas de pavilhão, desde que garantida a sua repetida limpeza e desinfecção mantendo-se a regra do distanciamento de 3 metros entre praticantes. Estas e outras medidas de prevenção serão publicadas na actualização à Orientação nº 030/2020 da DGS, que está a ser finalizada por este organismo.
As competições de equipas seniores estão previstas ter início a partir de 22 Agosto de 2020, sem público, o que, a verificar-se, implicará que o treino sem restrições para este escalão poderá ter início a partir de 1 de agosto 2020. As equipas de formação continuarão na actual fase de treino condicionado, aguardando pelo resultado da avaliação da retoma gradual dos escalões seniores.
A possibilidade de retoma da competição sénior a partir de 22 de Agosto tem primordial importância também para os compromissos internacionais das Selecções Nacionais, por forma a permitir a sua adequada preparação para a representação nacional.
Estas datas carecem ainda de serem aprovadas pelo Conselho de Ministros e publicadas em Resolução do Conselho de Ministros até ao final de Julho."

O comunicado é datado em Lisboa e Porto a 10 de Julho de 2020 e é assinado pelas federações seguintes:
Federação de Andebol de Portugal
Federação Portuguesa de Basquetebol
Federação Portuguesa de Futebol
Federação de Patinagem de Portugal
Federação Portuguesa de Voleibol



FPB REUNIU COM CLUBES DA LIGA FEMININA

09/07/2020 
Temporada 2020/21 esteve em cima da mesa

A Federação Portuguesa de Basquetebol e os clubes da Liga Feminina reuniram esta terça-feira, através de videoconferência.

Na intervenção que abriu a videoconferência, o presidente Manuel Fernandes saudou o Galitos Aveiro, equipa que garantiu a subida à Liga, deu as boas-vindas à recém-eleita direção do Olivais e manifestou o compromisso de manter a aposta no feminino. José Pinto Alberto, responsável federativo pelos contatos com as outras federações de desportos coletivos e com a Direção-Geral de Saúde, abordou as reuniões de análise à evolução da pandemia, com o objetivo de se retomar a atividade.
O diretor técnico nacional, Nuno Manaia, apresentou o modelo competitivo para 2020/21, a calendarização da temporada e revelou os planos alternativos de contingência que poderão ser ativados consoante a evolução do COVID-19 em Portugal. 



Eleições para o biénio 2020-2022


O Presidente da AG do OFC, Dr João Mourato, convocou as eleições para os corpos sociais do OFC para o dia 30 de junho de 2020. As listas candidatas deverão ser apresentadas na Secretaria do Clube até as 17h do dia 25 de junho de 2020. A Direção deve ser constituída no mínimo por sete sócios efetivos em pleno gozo dos seus direitos, tendo mais de um ano de associado e com residência no concelho de Coimbra, sendo acrescidas de pelo menos 1/3 de suplentes. Cada lista terá de ser subscrita pelos candidatos e por pelo menos mais 20 associados. O Conselho Fiscal e a Mesa da Assembleia Geral são constituídas por 3 elementos cada.
No mesmo dia decorre a AG de aprovação de contas de 2019 do OFC.



Reinício limitado de atividades de basquetebol


As atividades de basquetebol vão reiniciar-se a partir de hoje no Pavilhão Eng. Augusto Correia.

Serão cumpridas todas as determinações legais.

O Plano de Contingência do Olivais FC pode ser obtido aqui.

Todas as inscrições devem ser feitas pelos atletas por via eletrónica aqui.

Não deve frequentar o Pavilhão do Olivais Futebol Clube quem apresentar sinais ou sintomas sugestivos de COVID-19. Nesta eventualidade deverá contatar a Linha SNS24 (808 24 24 24) ou outras linhas telefónicas criadas especificamente para o efeito, e seguir as recomendações que lhe forem dadas.Todos devem respeitar as regras de etiqueta respiratória, da lavagem correta das mãos e normas de funcionamento das instalações afixadas em vários locais do Pavilhão Eng. Augusto Correia.

a) É obrigatório o distanciamento físico mínimo de pelo menos dois metros entre pessoas em contexto de não realização de exercício físico;
b) É obrigatório o distanciamento físico mínimo de pelo menos três metros entre os atletas durante a prática de exercício físico.
c) Os treinos devem ser agendados através desta plataforma on-line.
d) Apenas serão admitidos 6 atletas simultaneamente no pavilhão, 2 com tabelas grandes e 4 com tabelas pequenas em setores devidamente delimitados.
e) Os treinos serão marcados de hora em hora sendo que 45 minutos serão de treino efetivo e 15 min de arejamento do espaço para entrada de novos atletas.
f) É obrigatório o uso de máscara, na entrada e saída das instalações.
g) É dispensada a obrigatoriedade do uso de máscara durante a realização de exercício físico.
h) A utilização de balneários não é permitida, pelo que os praticantes devem procurar alternativas, nomeadamente nos seus domicílios.

Para treinar deve usar sapatilhas diferentes das que trouxer calçadas para o Pavilhão.
Recomenda-se o uso de bola própria de cada atleta.

O preço a pagar, que inclui seguro desportivo e os materiais de desinfeção, é de 3 euros por sessão de 45 minutos. Se pretender fazer 10 sessões o preço a pagar é de 20 euros. Se pretender sessões ilimitadas durante um mês, dentro do limite dos lugares disponíveis, o preço é de 35 euros.
O pagamento é feito obrigatoriamente por transferência bancária para a conta do Olivais FC com o
IBAN: PT50 0035 0242 00001201630 06
Depois do pagamento deve enviar um comprovativo para o email do OFC olivaiscoimbra@gmail.com indicando a que atleta diz respeito.




Próxima retoma de atividades


Com a publicação da Orientação da DGS número 030/2020  de 29/5/2020 relativa a "Procedimentos de Prevenção e Controlo para Espaços de Lazer, Atividade Física e Desporto e Outras Instalações Desportivas" passa a ser possível alguma atividade em "Infraestruturas desportivas e outros espaços onde decorra prática desportiva, incluindo espaços ao ar livre ou em espaço fechado".

Assim, a breve trecho, serão retomadas as atividades no Pavilhão Eng. Augusto Correia, no cumprimento estrito das orientações emanadas pela DGS. A atividade terá de ser individual e garantir um afastamento entre atletas de 3 metros.

Terá de ser publicado um Plano de Contingência do Pavilhão Eng. Augusto Correia e de ser contratualizado um seguro desportivo que substitua o seguro desportivo da FPB que deixou de estar em vigor. A Direção do OFC está a trabalhar nesse sentido.

Logo que haja mais novidades elas serão aqui colocadas.




Atualização a 28-5-2020

Atualização a 28-5-2020
Comunicado conjunto das Federações Portuguesas de Andebol, Basquetebol, Patinagem e Voleibol.


Competições suspensas


Por decisão da FPB estão suspensas todas as competições de todos os escalões, devido à epidemia de COVID-19 que no dia 11 de março foi declarada pandemia pela OMS.
Assim encontram-se suspensos também os treinos até a situação melhorar.









Resultados dos jogos oficiais de 7 e 8 de março de 2020



Resultados, calendários e classificações completas podem ser vistos na página do OFC na FPB.




Final Four da Taça de Portugal feminina



Infelizmente o Olivais FC Coimbra caiu nas meias-finais da Taça de Portugal feminina. Foi a 20ª participação da equipa sénior feminina na fase final de tal competição, tendo conquistado a Taça de Portugal por 3 vezes (2009, 2010, 2019).


No dia 7 de março de 2020, no Pavilhão dos Desportos de Torres Novas, a equipa olivanense dominou claramente os três primeiros quartos (15-13, 19-12 e 16-14). Mas uma fortíssima reação da equipa da Quinta dos Lombos no último quarto (7-18) levou o jogo para prolongamento onde a equipa de Carcavelos foi mais forte (10-15).

O desempenho da equipa olivanense foi notável, mas não foi suficiente desta vez. A equipa nesta época já ganhou dois troféus importantes (SuperTaça e Taça da Federação) e continua bem colocada para discutir o título de campeão da Liga Feminina.

O jogo completo:

Resumo:


Ficha do jogo:
=================================================
Palácio dos Desportos de Torres Novas
7 de março de 2020, 18h15
LIV Taça Portugal Feminina - III Fase - 1/2 Final
Árbitros: Rui Ribeiro, Vicente Jardim, Joana Pirralho (Lisboa).
Oficiais de mesa: Ana Mota, Patrícia Tomaz, Renato Valério, Bruno Bernardino (Santarém).
Espectadores: cerca de 100

Parciais: 15-13, 19-12, 16-14, 7-18, 10-15.


OLIVAIS FC Coimbra (67)
Artemis Afonso (13), Carolina Rodrigues (11), Marcy Gonçalves (10), Norianna Haynes (6), Ana Radovic (16);
Gelis Gonzalez (3), Carolina Marques, Alice Martins, Mariana Mendes, Raquel Alves (8), Chelsy Gonçalves, Joana Amaro.

Treinador: Eugénio Rodrigues
Treinador Adjunto: Daniel David

Quinta dos Lombos (72)
Mia Loyd (20), Júlia Alves (14), Carolina Escórcio (12), Otiona Gildon (23), Leonor Paisana;
Inês Vieira (3), Célia Sumbane, Sara Guerreiro, Carolina Oom, Jessica Garcia, Carolina Cruz, Larisse Lima.

Treinador: José Leite
Treinador Adjunto: Ernesto Nhalungo

==================================================